O mercado está evoluindo progressivamente para se tornar mais dinâmico e competitivo, exigindo cada vez mais dos profissionais. Com a instabilidade econômica, além de bons conhecimentos técnicos, é preciso criatividade e jogo de cintura para lidar com as dificuldades. Para minimizar os impactos negativos decorrentes de orçamentos restritos e equipes enxutas nas organizações, os profissionais devem se preparar e buscar novas habilidades.

Quem deseja ser um profissional bem-sucedido em um cenário de crise, deve desenvolver novas competências, diferentes daquelas necessárias em momentos de abundância. Essas competências são justamente as ferramentas que auxiliam esses profissionais a se manterem ativos no mercado.